VISÃO, PLANEJAMENTO, AÇÃO E RESULTADOS

Coaching

VISÃO, PLANEJAMENTO, AÇÃO E RESULTADOS.

Essas quatro palavras definem a essência do coaching.

 

Trazido para o Brasil em 1999 pela Sociedade Brasileira de Coaching®, o coaching é um processo de desenvolvimento da performance humana que utiliza técnicas e ferramentas comprovadas cientificamente, visando identificar objetivos, entender os comportamentos e gerar caminhos antes não identificados, possibilitando, assim, traçar metas e atingir resultados mensuráveis em diversas áreas da vida, seja no âmbito profissional, pessoal, financeiro, afetivo, emocional ou familiar.

Por ser um processo interativo e individual, o coaching auxilia pessoas a se desenvolverem rapidamente e a produzirem resultados mais satisfatórios. Uma alternativa poderosa para pessoas e organizações que sabem que o sucesso não é um ponto de chegada, mas sim um caminho. Um caminho que necessita de planejamento, superação de obstáculos, excelência pessoal, motivação, equilíbrio e transformação individual.

Coaching é um processo que visa elevar a performance de um indivíduo (grupo ou empresa), aumentando os resultados positivos por meio de metodologias, ferramentas e técnicas cientificamente validadas, aplicadas por um profissional habilitado (o coach), em parceria com o cliente (o coachee).” (Villela Da Matta & Flora Victoria)

O processo de coaching leva o cliente a novos entendimentos, alternativas e opções capazes de fazer com que ele amplie suas realizações e conquistas.​

COACHING NÃO É AUTOAJUDA

No Coaching, conceitos como satisfação, felicidade, realização, qualidade de vida e sucesso aparecem com frequência. Como esse vocabulário é amplamente utilizado pela literatura de autoajuda, há quem confunda uma prática com a outra. Contudo, essa relação não existe. Veja por quê:

O que comumente chamamos de autoajuda não constitui um corpo consolidado e cientificamente validado de conhecimento e prática. O rótulo de “autoajuda” costuma ser aplicado a autores com diferentes backgrounds e formações, que desenvolvem suas próprias fórmulas por meio das quais, supostamente, os indivíduos irão atingir determinados fins – por exemplo: enriquecer, ter sucesso, ser mais feliz, viver melhor etc.

• O Coaching, ao contrário, possui um corpo consolidado e cientificamente validado de conhecimento e prática;
 

• O Coaching não utiliza “fórmulas” – utiliza metodologias, técnicas e conceitos testados e comprovados por meio de pesquisas;

• O Coach não promete resultados milagrosos. Ele desafia o cliente a descobrir e a utilizar ao máximo o seu potencial – e, ao fazer isso, o coachee atinge resultados que podem até mesmo superar suas próprias expectativas.

COACHING TAMBÉM É:

  • Uma ferramenta que promove uma performance
    continuamente excelente;

     

  • O processo de evocar excelência nas pessoas;
     

  • Uma competência de gestão e gerenciamento de pessoas, indispensável para executivos e líderes;

  • O processo que potencializa o poder pessoal;
     

  • O processo que utiliza uma metodologia que gera conversações efetivas, identificação e reformulação de valores, metas e busca de soluções eficazes e transformadoras;
     

  • A arte de aumentar a performance dos outros.

Agende uma entrevista!